Samsara

1.

São raízes impregnadas
diretrizes de paixão
emulam no seu conforto de terra
o desacerto humano
se com isso vibram
às dispensas de saber
o emudecimento da forma
no rastilho incongruente
fazem do erro
a palavra exata
a palavra anoitecida
a palavra que costuro há anos
o mesmo projeto
simbiótico da semente.

2.

Pequena e amortecida
uma fagulha do sertão
a semente se enovela
caos e cuidado
kamikaze ao avesso
quase ingressa
no paradoxo –
tremular ao sol
cheia de febre a
semente de si.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s