Micronarrativas

Dirigia por todas as estradas. Nenhuma o levou para casa.

Era tão semelhante aos pais – ficou preso num espelho – Freud.

Lamento informar que nasci quando a morte levou meu nome.

Belo, inútil, só. Levaria a vida. Caminhando sem ruído.

Ninguém sabe como surgiu aquele tridente.

Só se lembra da luz.

Depois dos trinta, chamaram-no Trigésimo.

Esculpiu o tempo. Russo e cheio de paragens.

Sobreviveu à Sibéria. Lá, sonhou o divã e o machado.

Queria ser escritor. Mas só escreveu 10 frases.

por ocasião do desafio Literária de microcontos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s