13 razões

Seria como encher as mãos de misericórdia
e instalar na aurora da pele
não o fatídico 11 de Setembro
não as 13 razões
nem as guerras a geopolítica
tampouco os 17 anos
já esgarçados
o muro dos outros sobre você
os rótulos os abusos
começando muito menos que suntuoso
na capilaridade das veias
de um jeito que desvendasse
da impermanência
a inutilidade de autômato
a morada sempre a morada
assombrosa
do amor.

Publicado por

Roberta Tostes Daniel

Roberta Tostes Daniel, carioca. Tem poemas publicados nas revistas eletrônicas Mallarmargens, Zunái, Musa Rara, Diversos Afins, Estrago, Incomunidade, além de blogs e no site do Centro Cultural São Paulo. Incluída nas antologias: “Desvio para o Vermelho” (CCSP), “Amar, verbo atemporal” (Ed. Rocco) e “história íntima da leitura” (Ed. Vagamundo). Email: robertatostes@gmail.com “Sou alguém que espera ser aberto por uma palavra” (António Ramos Rosa)

2 thoughts on “13 razões”

  1. Morada assombrosa do amor! que beleza, daria um ótimo título de livro, recebo o feed do seu blog e gosto muito dos seus poemas, leitura que encanta. Abraço

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s