Epistolar

O silêncio sórdido da tua partida se faz sentir três, quatro anos depois, quando a medida da ausência ganha nome e sobrenome, e uns 180 poemas. Os dias continuam a correr nesse engasgo, dizem até que o mundo acabou em 2012. A política multiplicou meu contorno e a evocação das coisas não pode ser feita apenas de sutilezas. Sonhos seguem encarcerados e dias melhores também morreram. No entanto, escrever poemas é a mesma delinquência cruel, varando noites, vídeos do Youtube, confissões naturais. É ainda mais premente que antes. Há epicentros e demandas por abocanhar a fuga das palavras. Não se fala mais em desvelamento, mas em greve geral. Procuro fazer das noites o repouso da mente que antes cumpria uma rota geolítica de deformações. A ambiguidade sendo o nome de nascença. Mas, assim, aqueles nomes de sempre permanecem mais atuais que nunca. Seguimos esperando o pior ou que pra frente venha isso de ser gente e ser poema, embolado na decoração canibal da própria morte, que não te acha. Ah, seria foda demais ler um poema teu, no hoje. Aquelas agruras de canções rebuscadas e ausências pressentidas fazem sentido hoje? Não sei. Ouço cada vez mais Debussy rangendo luas. Cada vez mais entrego ilhas e fur alinas. Cada vez mais te não vejo entre sorrisos reais, ausências reais, coisas reais. E esta carta não vai ter fim, se início não houve, onde o arco tenso da imensidão permanece.

Publicado por

Roberta Tostes Daniel

Roberta Tostes Daniel, carioca. Tem poemas publicados nas revistas eletrônicas Mallarmargens, Zunái, Musa Rara, Diversos Afins, Estrago, Incomunidade, além de blogs e no site do Centro Cultural São Paulo. Incluída nas antologias: “Desvio para o Vermelho” (CCSP), “Amar, verbo atemporal” (Ed. Rocco) e “história íntima da leitura” (Ed. Vagamundo). Email: robertatostes@gmail.com “Sou alguém que espera ser aberto por uma palavra” (António Ramos Rosa)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s