Skeleton Tree

Ninguém te ensina
a devassar
o cômodo
do que és.

Ninguém sabe
das sobras
do toco
das velas

no último murmúrio
dos sopros
dos rebites
dos charques
dos ramos.

Se a porta foi aberta
se a escalada foi íngreme
se a torre é de marfim
se a Bastilha caiu.

Importa que te abras
para a noite
na forma cavada por Nick
suas sementes ruins
seu solo árido.

Importa: que não me ouças
que não me entendas
que por ti galgues
e talvez transcendas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s