A pureza é um ornamento

Uma longa vida de sossego e pressentimento
que desate o nó das horas
faça crer a vida inteira
o que se quer como último segundo.
No ar que deixa suas iscas
suga a juventude, o ar
numa delicadeza em óbice.
Sabedoria como aroma.
Fé pelos novelos.
E me empurra como gato
– mutatis mutandi.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s