Memorial

a cidade tresmalhada pelo desejo canônico
da bem-aventurança do dinheiro

a cidade corrompida de seus traços
sequer revertida ou proibida

a cidade como uma aranha à deriva
pisoteada e faminta

tecendo teias
que enlaçam crimes

e refletem obsessivamente
o que sobrou do prisma

anticarnaval pós
moderno antropoceno

fluido: dejeto de vastidões
engolidas pela terra

em trajeto rumo
à bomba de hiroshima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s