poesia

O verão consistiu em dissolver-se. Metade estrutura, metade minúcia. Chegavam-lhe bombas por onde não mais bombear. Sopros, sufrágios derrames. O sexo escolheu a estação mais tarde. A terra germinou de usura nos feitios quentes. Fazer justiça com os próprios lábios. Por fazer, fazer-se.

Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s