Um comentário sobre “

  1. Ivor A Richards escreveu Practical Criticism, um livro bem bacana sobre como os leitores recebem um texto literário… em como estamos repletos de mecanismos de defesa (ele chama de stock responses) tanto para criticar positivamente quanto negativamente… isto porque, talvez, um poema, lá no fundo no em que lê, sempre traz um tema em sua vida… mas e os poetas que nem falam da vida, essa vivida diariamente que esta ate exausta de ser enunciada e relativizada nos textos… quantas vezes já morremos? quantas vezes de cada uma dessas mortes, ressucitamos para, então, morrer? as escalas geologicas, os movimentos das placas tectonicas, as mares, as tempestades, as estrelas não computadas – e toda essa tentativa humana de humanizar os fenomenos fisicos, de mensurar (o homem como a medida de todas as coisas) tudo ao redor como se tudo partisse e findasse em si mesmo… como restaurar a poesia sem tanta interpretação, sem inter preços, sem tantos atravessadores? talvez um verdadeiro diluvio porque o falso nos ja conhecemos muito bem

    um abraço

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s