colocar tapumes no inefável

meu nome é chacina
meu nome é ninguém

insisto em armistícios

sabemos que bandeiras
esgotam o céu

ter uma casa de chamados

concreta e aveludada
as bandeiras certas

não foram ainda empunhadas
sobre elas os punhos da opressão

eu descia a cidade e o sol sabia que
éramos fracos

havia um conclave em maio
feito de acontecimentos minúsculos

ao redor da nossa paixão
uma coisa gigantesca não é enunciada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s