hermética

vaga erosão

prende no ilhós
das costas
em aviamento e geologia

neste curso
aprender técnicas essenciais
da equimose
em tardo romper

transpassar as redes
o deslocamento constante
o cisalhamento

das massas
da pressão
do ar que respiro

pedalar
para mais longe
alcançar muros

proeminências
na carne
recortada vestimenta

ser dos sisais
topo tresmalhado
sesmarias

Anúncios

Um comentário sobre “hermética

  1. “sisais cisalhamento proeminencias”

    todos os escritores tem uma preocupação musical em seu sentido mais antigo e bonito,
    da composição e harmonia, do jogo de forças internos… alguns se destacam, de pronto,
    pela rima e ali estabelecem sua obra digna; outros brincam com o codigo, nas varias formas
    do metapoema. confesso estas tres palavras repetiram na minha cabeça pela propria composição
    que ha entre elas… pensei: elas foram feitas para ressoarem desta forma; juntos feitos para
    cortar, para separar – o corte profundo

    a escolha evidente das palavras não singifica que sejam, necessariamente, claras. evidencia
    antigamente era mais “ex videns” do que seu atual sentido de prova e clareza. ver por fora indica que é
    preciso sair, e aí, uma dinâmica voluntaria e específica para não admitir o primeiro sentido
    dado… também não é novo este movimento de refutação tradição literaria – mas e depois
    de fernando pessoa, rilke, erza pound, gertrude stein, maiakovski, mallarme, drummond… como escrever? talvez
    a erosão destas montanhas literarias gerem novos terrenos, alguns que não tem pressa de cultivo
    alguns preferem enriquecer eternamente a aragem, a terra aparentemente estatica…

    ivor a richards critico literario britanico [os criticos britanicos, diferente de outros
    países como frança e itália, onde os criticos acabam eles mesmo, sendo tambem escritores
    e poetas, os englises não – eles são muito precisos e concisos – é dificil ver um escritor
    da lingua inglesa de origem varia muito de oficio e genero literarios – as vezes esqueço
    que a inglaterra é uma ilha] que escreveu pratical criticism, uma livro muito analitico
    porem extremamente fino, sem derramar nenhum mecanismo automatico em cada leitura… e talvez
    ai resida sua maior qualidade: ele é antes de mais nada um leitor.

    na pagina 52 do seu livro tratando de “prismas mentais” escreve:

    IT is sometimes convenient to regard a poem as a
    mental prism, capable of separating the mingled
    stream of its readers into a number of distinguishable
    types. […] They split up the minds which encounter
    them into groups whose differences may be
    clearly discerned. […] I may quote Matthew
    Arnold :” The superior character of truth and
    seriousness, in the matter and substance of the best
    poetry, is inseparable from the superiority of diction
    and movement marking its style and manner. The
    two superiorities are closely related, and in steadfast
    proportion to one another.”

    ou seja, o leitor na sua sede de interpretação e tirar das coisas um sentido, se corta e
    recorta, se perde e fica, evidente aí a intenção do poeta, atraves de constante exercício,
    na captura dos padroes culturais entranhados e endurecidos pelos seculos de tradicão
    canônica e dogmatica… mas estes canons e dogmas não foram aleatoriamente construidos
    e passaram por diversos tratamentos epistemologicos visando fundamentalmente o controle.

    para quebrar um monobloco não adianta bater na pedra inteira, basta, especificamente,
    bater nas suas falhas estruturais e deixar, liricamente, algo que não tenha sequer
    uma brecha… o egoismo do poeta pode ser evidente mas seu sentido no leitor sem a devida
    pausa passa como beletrismo ou estilização, quando na verdade é um egoismo que visa somente
    sair de si mesmo… porque talvez possamos ser hermeticos e claros ao mesmo tempo.

    um abraço.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s