Aos que se curaram
da métrica do equilíbrio
regendo a valsa dos loucos
na fibrose dos passos
e que trouxeram a substância
dos sonhos varridos
tiveram como culhão
o mapa das próprias trincheiras
abertas, oferecidas pernas
de ninguém, a gratidão
deste não pertencer

Anúncios

2 comentários em “

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s