Leitmotiv

O brilho do sol
como o brilho da morte
quer fecundar as coisas
de fogo.

O fim indica um desejo
espesso
de nascença.

Havemos de encarnar o universo
que nos abocanha –

flutuava dentro do mar
que mais e mais me dragava
não teria braçadas
no fundo
os raios ainda chegavam
escapei
mas tudo é afogamento.

Teu beijo de nunca
teu corpo de vísceras
e nuvens
e núncaras
tua voz
uma cor

para sempre me abrindo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s