Devir

Te ofereço fervor e doçura
um desalento filosófico
ainda a fugacidade 
de qualquer alento 
na progressão imperturbável 
de um cometa
acendendo na atmosfera 
uma nova rota
com que justificamos 
alguma perda.
Não há palavra que encalce 
o rastro 
que não deixamos.
Vindo a ser: teu cheiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s