Vigésimo andar

Tenho dias de ficar entorpecida
com as montanhas, em parte alguma.

Alargada pelas florestas, onde a verticalidade
varia como o câmbio – flutuo

sem pés nem asas pela chacina
de elevadores que incomunicam

o alto, sem confidências.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s