Fôlego

Me ensina a ficar mais tempo
debaixo d’água

alcançar
as profundidades do abismo

ser de novo uma criança
(minha cabeça em teu colo).

Confesso ser urgente
muito mais que brincante

ter hoje o meu rosto
o meu destino

traçados em nossas bocas.

Anúncios

Um comentário em “Fôlego

  1. ma-ra-vi-lho-so… costumo dizer que pelas paredes do abismo crescem as mais belas orquídeas… belíssimo poema…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s