Lágrima de Ísis

Um ganido de animais da noite.
Choro verbenas que devorei no campo
de minha casa. O cheiro
desarticula as horas.
O corpo, dor errante
que travei com dias sucessivos.
Uma cavalgada de valquírias surdas
suspende o vermelho dia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s