Cicios

Aquela hora em que dizer é o enfadonho exercício da solidão.
Então calar como quem abraça.

*

A solidão vai nos devorar com sua primeira mordida.
Ou a vida rezará por tuas mãos para afastar o quebranto.
Ser de novo alguém cuja palavra não cabe na boca.

*

Mas o préstimo da palavra é perdê-la.
Dizer o essencial: abismo, abismo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s