Isto que me mata
não é a morte;
quando digo,
para tocá-la:
‘os pássaros do sono’,
é um nome que vivo;
e porque já morro
de outra morte,
desperto:
um anjo
em meio às asas.

Anúncios

2 comentários em “

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s