Amor,

“minha arma favorita”
Maiakovski

Eram ossos tocando palavras
Na carne, talvez as mãos
Fraturadas do amor.

Rondas de esqueletos
Executando artérias
Na enlouquecida anatomia.

Coração de múmias
Russas desnudando-se
Entre as vértebras de um poema.

Anúncios

Um comentário em “Amor,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s