poesia

Aelo

I.

Voa sobre a terra firme
para inspirar
a imobilidade.

Dança a pura transgressão:
um pássaro do espanto.

Venera a paisagem afogada
de onde foge para a

liberdade.

Amanhã, talvez
a sombria
indecisão do voo
o pouco alimento

– restará a fome.

Mas, hoje, o sol
pesa como um corpo
deita seu calor
sobre o ouro.

II.

Outro, que voa: o amor,
(imaterial) peso do mundo.

Hoje, sobre mim, amor,
o peso da matéria
do mundo.

(suspensa e atônita)

A humanidade de um anjo
a angeologia de um homem.

Síntese impossível:
homemulheranjo
e o pássaro do assombro.

III.

Vigoroso pacto
de mãos que tecem
em asas

curvas
e fêmures da palavra.

O bico
do seio.

O osso
fratura o silêncio
com a música

de ave do espanto.

IV.

Canta com a rouquidão da voz
inventada nas cordas de um grito:

a harpia

leva o desejo de som
enquanto o gozo da semente

sobrevoa in
certezas

– o aelo da perplexidade
é um desejo aéreo de brotar

da terra

Valsa sobre a esperança.

“O peso do mundo é o amor”, Allen Ginsberg, em Canção.

Padrão

11 comentários sobre “Aelo

  1. Assim, como se voássemos. E a parte mais bela (se há, entre todas, alguma mais bela):

    “Síntese impossível:
    homemulheranjo
    e o pássaro do assombro.”

    Maravilhoso ler vc, Beta.

    Curtir

  2. Beta, esse poema é daqueles que mereciam estar em capas das melhores revistas literárias.
    Merecia ser abertura de um livro (teu!) – que eu tanto aguardo…

    Com a mais imensa sinceridade: estás pronta, menina! Flor desabrochada e sempre tão grávida dos melhores polens.

    Admiração e carinho.

    Katy.

    Curtir

    • Katy, saiba que seu incentivo significa muito pra mim! Tenho pensado mais nisso: na fecundação, no gestar, dar à palavra a morada do papel. Quem sabe? 🙂 Tempo de buscar paisagens para estas trilhas, serenamente. Grata, querida!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s