Lembrança do fogo

Não atino o que seja tocar a pele dum morto.
No tocante às muitas mortes
Eu me encontro renascida.

Acodem astros à lembrança do fogo
Clamores à hora extrema
Perfazendo-me mortal.

No corpo: êxtase e sepulcro.

Ao toque da matéria inerte
Vêm e revoam os pássaros da vida.

A morte venço, venci.
Vivi poeta.

Anúncios

3 comentários em “Lembrança do fogo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s