Poemas que são músicas (que são poemas):

Álibi

Havia mais que um desejo
A força do beijo
Por mais que vadia
Não sacia mais
Meus olhos lacrimejam seu corpo
Exposto à mentira do calor da ira
Do afã de um desejo que não contraíra
No amor, a tortura está por um triz
Mas a gente atura e até se mostra feliz
Quando se tem o álibi
De ter nascido ávido
E convivido inválido
Mesmo sem ter havido. 
 

Djavan

Anúncios

4 comentários sobre “Poemas que são músicas (que são poemas):

  1. Também me rendi ao WordPress! E acabei de descobrir que não consigo mais postar no Blogger (sei lá porque!).
    De quebra, também inaugurei um twitter repetidor de títulos dos meus posts por aqui…
    Beijinhos! 🙂

    Curtir

  2. Acabei de ver que a resposta fica o meu blog… Diante disso, segue novamente:

    ***

    Saudade recíproca!!! 🙂 Também te amo! 😉

    O Blogger está falando que o serviço é exclusivo para assinantes. O seu também está acontecendo isso? 😦

    O meu Twitter é teofilotostes. Já estou te seguindo, inclusive. Acabei de adicionar o Widget. Não sei se vou manter, pois achei meio poluído… Mas, quem sabe?

    Beijinhos, fofinha!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s